top of page
  • Foto do escritorMariana Salvadori Sartor

Compartilhando Reflexões sobre o Amor

Vamos falar de amor? ⁣

Quero compartilhar um pouco as ideias de um dos livros que li recentemente: ⁣

"O curso do amor" de Alain de Botton. ⁣


⁣Enquanto narra a história de um casal - desde quando se vêem pela primeiravez - o autor conta detalhes desse encontro e explícita pensamentos e sentimentos de cada um. ⁣


Nos revela a complexidade que é relacionar-se com o outro e interrompe a história inúmeras vezes apresentando um raciocínio filosófico e psicólogo sobre o que chamamos de amor. Fala sobre “os porquês” de agirmos de uma maneira ou de outra, explica de modo simples teorias que nos ajudam a entender o apego e como nos conectamos com o outro! ⁣


Sabe quando a gente é agressivo com o outro e não se sente compreendido ?⁣

Ou fica de “birra” esperando o outro entender a nossa necessidade? ⁣


⁣Então…⁣


⁣Uma das coisas que mais me chamou atenção foi o rompimento com a ideia romântica do amor!  Isso mesmo! Quando fala de amor e de relacionamento, Botton, os descreve de um jeito eu diria “realidade nua e crua” e abandona a idéia romântica que em geral invade esse tema!⁣


⁣E uma frase que me marcou foi: ⁣" Ele precisará aprender que o amor é mais habilidade do que entusiasmo". ⁣


E segue: “Agora ele sabe que as ideias românticas são uma receita de desastre”⁣


⁣Será que estamos preparados para essa conversa?⁣


⁣Amor enquanto habilidade! ⁣


Leitura super interessante para todos, e para psicoterapeutas uma ótima oportunidade de abordar de um jeito leve assuntos que tanto ouvimos no consultório!⁣


Vale a leitura!⁣

10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

A supervisão e o terapeuta que queremos ser

Outro dia um colega e professor que admiro muito fez um post em que dizia "o paciente não nos paga pela sessão, e sim pelo processo". Em seguida conduzia para uma discussão de que os terapeutas deveri

Comments


bottom of page